Artigo, Resultados ou Frutos, Por Ricardo Neto


Não podemos confundir os frutos com resultados. Precisamos refletir bem sobre essa diferença que há entre ambos. Por exemplo:

1- Os resultados tornam suas condições bem melhores. O fruto torna a sua vida melhor.

2- Os resultados me fazem contentar-me com o que eu tenho, ainda que eu não seja....O fruto me faz contentar-me com quem sou, ainda que eu não tenha.

3- É possível que alguém tenha um ministério de muitos resultados e poucos frutos. Assim como também é possível que alguém tenha um ministério de poucos resultados, mas que transborde de frutos.

4- Quando o vento vem, leva os resultados que estão em nossas mãos, mas jamais levará os frutos que estão na nossa vida.

Por isso, o fruto não é algo a ser visto na nossa pregação e nem muito menos na nossa canção. Aliás, o fruto não sobre o que falamos, ou sobre o que cantamos, mas é sobre o que nos tornamos!

Ricardo Neto