Pr. Gilmar Carvalho - Opinião - Não ao Aborto

NÃO AO ABORTO!

Isaías 58: 1. "Grite alto, não se contenha! Levante a voz como trombeta. Anuncie ao meu povo a rebelião dele, e à comunidade de Jacó, os seus pecados.

Os altares a moloque (deus amonita, cuja adoração se dava por intermédio de sacrifícios de crianças), estão tão em voga quanto antes. Com narrativas progressitas e secularistas os sacrifícios continuam a todo vapor. 

Não bastasse sacrificar as crianças os sacerdotes da maldade empreenderam um esforço de erradicar a sensatez e taxar como danoso/perigoso todos os que se opõem a ideologia da morte. Promovendo inversão de valores, prática comum dos promotores da maldade. 
 
Por vezes temos a sensação de estarmos sendo vencidos. O que aconteceu hoje na Argentina, é um exemplo, onde os órgãos legislativos chancelaram o direito de matar, sob o extertor de uma multidão eufórica que se assemelhava ao público das arenas sangrentas do coliseu de Roma.

Naturalmente os maus fazem muito barulho, e quando silenciam é para tramar na surdina. 

O apóstolo Paulo já escrevia sobre:

Romanos 1: 22. Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos 24. Por isso Deus os entregou à impureza sexual, segundo os desejos pecaminosos dos seus corações, para a degradação dos seus corpos entre si. 28. Além do mais, visto que desprezaram o conhecimento de Deus, ele os entregou a uma disposição mental reprovável, para praticarem o que não deviam. 32. Embora conheçam o justo decreto de Deus, de que as pessoas que praticam tais coisas merecem a morte, não somente continuam a praticá-las, mas também aprovam aqueles que as praticam.

HOJE, o grito dos inocentes ecoa através do silêncio dos coniventes.

Da ciência a fé, temos elementos de grande robustez que aferem a gravidade e o atentado que é o aborto contra a vida. Vida de inocentes indefesos.

Eu lhes afirmo que não ficarão impunes. Há um tempo determinado para que a maldade dos homens seja julgada.

Portanto caro Cristão ou até mesmo você que não professa fé alguma, erga a sua voz e diga Não ao Aborto.

Por último deixo esse texto que é a radiografia das origens de todos nós:
 
Salmos 139: 13. Tu criaste o íntimo do meu ser e me teceste no ventre de minha mãe. 15. Meus ossos não estavam escondidos de ti quando em secreto fui formado e entretecido como nas profundezas da terra. 16. Os teus olhos viram o meu embrião; todos os dias determinados para mim foram escritos no teu livro antes de qualquer deles existir.
 
Pr. Gilmar Carvalho