A compreensão da doutrina do Espírito Santo no pentecostalismo brasileiro.

A compreensão da doutrina do Espírito Santo é um assunto que merece total atenção, pois este se mostra atuante desde o inicio da criação, e certamente nos faltaria espaço para escrever as diversas operações do Espírito ao longo da história, a Bíblia Sagrada vai nos mostrar com varias provas de que este Espírito não é apenas uma força ativa ou uma emanação de YHWH, porém lamentamos o fato de que o estudo da pessoa do Espírito Santo não teve grande ênfase nas discussões teológicas nos primeiros séculos, ainda que desde o Concílio de Niceia algumas posições da tradição Cristã a respeito da pessoa e funções do Espírito Santo já haviam sido entendidas, e alcançaram unanimidade como, por exemplo, a afirmativa de que o Espírito Santo é membro da Trindade, manifesta o pai e o filho na história humana, e também é doador da vida e do poder para o serviço, tanto no Antigo como no Novo Testamento. Mas contemporaneidade o assunto da doutrina do Espírito Santo tem ganhado grande ênfase, especialmente a partir do século XX com o movimento pentecostal, o qual tem como principal característica a ação do Espirito Santo e este movimento teve inicio nos E.U.A e chegou em solo brasileiro ainda em sua infância, fator preponderante que da a nós brasileiros, também o titulo de berço do pentecostalismo, a sua rápida expansão e o fato de que em 2007 o Brasil já era considerado segundo Isael Araújo, o maior país pentecostal do mundo e temos o maior crescimento pentecostal do planeta, o pentecostalismo é sim um evento do Espírito que não depende de lideranças notáveis mas sim da graciosa ação divina, por isso tem sido objeto de pesquisa de teólogos do mundo inteiro tornando assim esta doutrina cada vez mais necessária de compreensão a luz das sagradas escrituras.

Flávio Júnior Ortiz 
aluno do 2° semestre do curso Bacharel em Teologia, Presbítero da Assembleia de Deus em Barracão Paraná, Professor do curso Básico em Teologia, Pregador do evangelho.