Seja Bem vindo

ARTIGO, UM ALERTA IMPORTANTE AOS QUE AMAM A EVANGELIZAÇÃO, FRANCIELIO FREITAS

Por Francielio Freitas
 De uma certa perspectiva, para ser mais coerente e fiel ao todo da mensagem do evangelho sobre a missão evangelizadora da igreja, ao falar de evangelização baseados na grande comissão de Mc 16:15 e de Mt 28:19,20, devíamos também falar daquilo que chamamos em teologia de "a vocação cultural da igreja" pois ambas as coisas -- evangelização e restauração -- estão interligadas na teologia do novo testamento. 

O texto de Cl 1:20 e outros textos similares nas epístolas Paulinas, mostram que a ação redentora de Deus não se resume ao resgate de almas, no sentido de liberta-las da servidão do pecado para viver na comunhão da igreja, mas sim e principalmente em redimir toda a criação ou reconciliar todas as coisas consigo mesmo por meio do sacrifício de Cristo, tanto as que estão no céu como as que estão na terra. 

Ou seja, devemos pensar nossa missão não só a partir daquela visão tão recorrente de "ganhar almas para Jesus e aguardar a volta de Cristo", mas desenvolver uma consciência pública da fé, que se traduz em um certo engajamento cultural, no qual, tentamos por todos os meios possíveis e legítimos resgatar o senso do sagrado na sociedade e o devido apreço por Deus e pelos valores do seu reino nas mais diversas áreas da civilização: arte, política, filosofia, medicina, ciência, tecnologia, música, economia, antropologia, psicologia, sociologia, relacionamentos, sexualidade, família etc.

No caso, para aqueles que trabalham com o despertamento de missões de sua igreja ou com o ministério de evangelismo pessoal, sugiro que somem a suas leituras de obras sobre evangelização, obras sobre cosmovisão cristã ou, mais especificamente, obras sobre teologia pública.

Foi imbuído justamente desta visão que os grandes evangelistas dos séculos passados, John Wesley, George Whitfield, Jhonatan Edwards, entre outros, conseguiram canalizar o avivamento da igreja para toda estrutura social de seu tempo. 

Eu creio e tenho orado a Deus e pedido com mais afinco que ele traga um grande avivamento; um avivamento que traga sobre seu povo unidade, emoções santas, desprendimento material, prazer em servir, desejo intenso por santidade, solidariedade aos que sofrem a opressão e a fome, comprometimento com a oração, prazer na palavra, paixão evangelística, retidão de caráter, valorização familiar, mas também e sobretudo um grande impacto sobre a sociedade como um todo como aconteceu em tempos passados.

Oremos...