Governo da Flórida assina lei que incentiva alunos a orar: ‘Não há sucesso sem Deus’

Via portal Guiame 

Na segunda-feira (14), o governador da Flórida, Ron DeSantis, sancionou um projeto de lei exigindo que as salas de aula das escolas públicas mantenham “um minuto de silêncio”, diariamente, para dar aos alunos a oportunidade da reflexão silenciosa”. 

“Você não pode ser bem-sucedido sem Deus”, ele disse. O projeto de lei [HB 529] exige que os professores das turmas do primeiro período, em todas as séries, reservem pelo menos um minuto de silêncio.

Sobre a nova lei

De acordo com o Christian Headlines, a nova lei diz que os professores não podem dar sugestões para o momento de silêncio. Além disso, incentiva os pais ou responsáveis ​​a discutir em casa, com seus filhos, como fazer o “melhor uso desse tempo”. 

A palavra "oração" não está inserida na lei, embora o texto permita que a oração seja feita. “Nessa agitação da sociedade de hoje, poucas pessoas são capazes de experimentar até mesmo um momento de reflexão silenciosa antes de mergulhar de cabeça nas atividades da vida diária”, diz o texto da nova lei. 

“Os jovens são particularmente afetados pela falta de oportunidade para um momento de reflexão silenciosa. O Legislativo considera que nossa juventude, e a sociedade como um todo, seriam bem servidas se os alunos das escolas públicas tivessem um momento de silêncio logo no início de cada dia escolar”, também diz o texto.

Proteção da liberdade religiosa

O republicano DeSantis disse que a nova lei é necessária. “Cada família em nosso estado deve poder mandar seus filhos para a escola e saber que eles serão protegidos de danos e que também podem praticar a sua fé”, comentou.

Durante uma entrevista coletiva, ele enfatizou o seguinte: “É falsa a ideia de que você pode simplesmente expulsar Deus de todas as instituições e ter sucesso. Lamento que nossos antecessores não tenham pensado sobre isso”.

DeSantis chamou a lei de uma "oportunidade de proteger a liberdade religiosa". Richard Corcoran, o comissário de educação do estado, também  aplaudiu a legislatura por aprovar o projeto.

"Sabemos que muitas crianças lutam com problemas de saúde mental, que afetam a elas, suas famílias e as escolas acima de tudo", disse Corcoran. 

"O HB 529 capacita as famílias a iniciar essas conversas contínuas com seus filhos sobre o que eles podem refletir durante o momento de silêncio, e os ajuda a usar esse tempo como uma oportunidade de se preparar para o dia seguinte”, continuou.

O deputado Randy Fine, que patrocinou o projeto, disse que um momento de silêncio é necessário em um mundo cheio de "turbulência social, tecnológica e movida pela mídia".

"Nossos filhos precisam desesperadamente de tempo para uma reflexão silenciosa, porque é nesses momentos fugazes que encontramos nosso propósito superior”, concluiu Fine.